Co-marketing: o que é e como aplicar na sua empresa

By Harley Correia Marketing Digital Nenhum comentário em Co-marketing: o que é e como aplicar na sua empresa

Co-marketing: o que é e como aplicar na estratégia da sua empresa

Todas as mudanças ocasionadas pela tecnologia no mundo dos negócios, em especial no marketing, fizeram com que as empresas precisassem recriar suas estratégias de comunicação e captação de novos clientes. Mas isso não significa que práticas antigas e que sempre funcionaram bem deixarão de existir. Em vez disso, elas podem ser aprimoradas e ganhar novos nomes. O co-marketing é um exemplo disso.

Se o seu objetivo é inovar, buscar novas táticas e soluções criativas para melhorar métricas de suas campanhas de marketing digital, que tal se unir a empresas que possuem produtos ou serviços complementares aos seus e que tenham o mesmo público-alvo?

Considerando que a união faz a força e que duas cabeças pensam melhor que uma, neste artigo vamos mostrar como o co-marketing pode ajudar a revolucionar a estratégia digital da sua empresa!

O que é co-marketing?

O co-marketing é a união estratégica de duas ou mais empresas para desenvolver produtos, serviços ou conteúdo. Essa parceria tem como objetivo fazer com que as empresas envolvidas alcancem o mesmo público e compartilhem resultados.

A diferença entre ele e co-branding é bem sutil, mas existe. No co-branding os produtos de uma empresa são agregados aos de outra empresa para formar um novo produto. Já no co-marketing, os produtos, serviços e peças de conteúdo são desenvolvidos com divisão de tarefas entre as equipes de cada empresa.

Um exemplo de co-branding está nos chipsets de vídeo e processadores da Intel que compõem um notebook da Dell. Ou seja, a venda de um produto depende da venda do outro.

Já o co-marketing pode ser exemplificado com hotéis que criam roteiros turísticos em parcerias com companhias aéreas. Assim como academias que produzem conteúdo em conjunto com lojas de suplementos. Nesta modalidade, os produtos se complementam, mas são vendidos separadamente.

Como funciona o co-marketing?

No co-marketing tudo é compartilhado, desde as tarefas de produção até os leads gerados pela ação.

Veja o exemplo: uma empresa de software de gestão resolve publicar um e-book em parceria com um escritório de contabilidade sobre as mudanças nas leis trabalhistas.

Nesse caso, a venda do software não exclui o trabalho do contador, assim como a contratação do profissional não depende da assinatura do programa. Porém, ambos podem ser oferecidos para o mesmo público, juntos ou separados.

Ao criar a landing page com a oferta do e-book, todos os leads captados por meio dela demonstram interesse na solução de um problema que pode ser resolvido por ambos. Portanto, esses leads acabam sendo compartilhados para que, posteriormente, recebam abordagens individuais de cada empresa.

Quais os benefícios da estratégia de co-marketing?

Se você entendeu o que é co-marketing e ainda não se convenceu de que é uma boa opção, já passou da hora de conhecer seus benefícios. Afinal, nem sempre empresas que possuem o mesmo público-alvo são concorrentes, e aproveitar a audiência de um parceiro pode trazer diversas vantagens. Veja algumas delas:

Otimizar o alcance

Você tem sua base de clientes e leads, enquanto a empresa que vende um produto ou serviço complementar ao seu tem a base dela. Seus clientes não conhecem essa empresa e nem os produtos que ela comercializa, assim como os clientes dela não conhecem a sua empresa e seus produtos.

Quando essa empresa dispara para a base dela um material assinado pela sua empresa, bingo! Os clientes dela passam a saber que você existe!

Logo, os seus clientes também tomarão conhecimento da existência do seu parceiro. Ou seja, o esforço e dinheiro investidos no material criado alcançaram muito mais pessoas, o que não aconteceria se fossem disparados para uma única base.

Reduzir custos

Por falar em investimento de dinheiro e esforço, existe mais um detalhe importante: os custos são divididos por dois. Ou seja, o investimento na produção do material cai pela metade e alcança o dobro da audiência. Será que já dá para ver vantagem aí?

Gerar maior reconhecimento

Quando você conhece alguém por meio da indicação de uma pessoa de confiança, sua primeira impressão é a melhor possível.

É isso que acontece com a sua marca quando ela é introduzida na vida de novos leads por meio da parceria com empresas que já são da confiança desse público. O seu parceiro está emprestando a credibilidade dele a você, e isso não tem preço.

O mesmo acontece com a sua empresa: você cede ao seu parceiro o respeito que conquistou dos seus clientes. Por isso, é muito importante analisar quem você escolherá para aplicar o co-marketing.

Como implementar o co-marketing?

Agora que você entende a importância e as vantagens do co-marketing, deve estar considerando a implementação na sua empresa. Para fazer isso, basta seguir as dicas que listamos abaixo:

Encontrar um parceiro

O parceiro ideal para o co-marketing da sua empresa precisa oferecer um produto ou serviço complementar ao seu. Ser uma referência no nicho em que atua, possuir o mesmo público da sua empresa, ter conteúdos publicados com uma boa audiência e conhecimento para agregar ao seu projeto.

Se você encontrou alguma empresa que preencha esses requisitos, pode tentar propor uma parceria. Inclusive, essa é uma excelente oportunidade de expandir seu networking.

Planejar em conjunto

O objetivo deve ser comum às duas empresas e estar muito bem alinhado entre elas. Além disso, é muito interessante que o tipo de material, os temas e tópicos abordados sejam decididos em conjunto. Também é necessário que as empresas definam os prazos e investimentos que serão realizados por cada parte.

Dividir tarefas

Feito o planejamento, é hora de dividir tarefas. Tudo que puder ser feito “dentro de casa” representa uma economia para o projeto. Por isso, avalie muito bem as skills dos profissionais envolvidos para distribuir tarefas de acordo com capacidade de cada um. De tal forma a realizá-las com qualidade e prazos menores.

Medir os resultados

Como em qualquer outra ação de marketing, avaliar resultados é uma das partes mais importantes para entender se o esforço valeu a pena e pensar no que pode ser melhorado em projetos futuros.

Nesse momento, é imprescindível que os KPIs tenham sido definidos em conjunto para que todos os envolvidos consigam perceber os resultados trazidos. Se eles foram positivos, por que não repetir a parceria mais vezes?

Esperamos que tenha tirado todas as suas dúvidas sobre o que é co-marketing. E agora que conhece todas as vantagens dessa estratégia, aproveite para embarcar em uma jornada de sucesso!

Para começar, entre em contato com a InsideOut e faça o planejamento do co-marketing da sua empresa com a ajuda de quem entende do assunto!

Deixe o seu Comentário
  • Share: